Gestão de despesas corporativas: você sabe onde sua empresa está errando?

07

Na hora de realizar a gestão de despesas corporativas da sua empresa, você é mais do tipo que realiza cada um dos cálculos exatamente como o cupom fiscal entregue aponta, porém está sempre com os trabalhos acumulando, no limite dos prazos de entrega, ou prefere arredondar os valores das notas para otimizar os processos e agilizar os faturamentos?

Independente do seu perfil profissional, sinto em te informar que ambos podem apresentar riscos graves para a gestão de despesas corporativas. No primeiro deles, realizar a conferência e o cálculo sozinho dos valores a serem faturados com despesas corporativas pode gerar um gargalo nas entregas, além de sobrecarregar suas funções e não permitir que você realize outras atividades, tão importantes quanto essa, dentro do setor financeiro da sua empresa.

Já na segunda opção, é preciso tomar muito cuidado com esses pequenos arredondamentos. Vamos pegar como exemplo o terceiro maior gasto corporativo das empresas no Brasil, viagens de equipes externas.  De acordo com pesquisa realizada em 2016 pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), o valor médio de uma passagem área foi de R$ 349,14. Agora vamos aos cálculos:

Suponhamos que sua empresa possui 10 funcionários externos, porém eles viajam apenas uma vez por mês cada. Seriam, então, 10 passagens de R$ 394,14 – resultando em um custo mensal de R$ 3.491,40.

Caso você arredondasse o valor de reembolso das passagens para R$ 350, você teria um custo mensal de R$ 3.500 com viagens corporativas. Só nessa brincadeira, sua empresa estaria pagando R$ 8,60 a mais. Parece pouco, né? Mas, multiplicando esses gastos pelos meses e colocando nessa conta outros custos como alimentação, hospedagem e transporte terrestre, sua empresa pode estar gastando mais do que imagina! Fique atento à gestão de despesas corporativas!

Para evitar esse tipo de erro, é essencial que sua empresa possua uma política corporativa de reembolso bem estipulada, e que esta seja muito bem empregada, independente da correria do dia a dia. Caso sua área ainda não tenha definido essas diretrizes, leve essa informação até seus superiores e mostre, com números reais, a importância de parametrizar os faturamentos com despesas corporativas. Apenas dessa forma será possível obter uma gestão eficaz.

 

0 Gestei
0 Não gostei