Gestão de pessoas: saiba como aumentar a produtividade, e obter uma equipe de alta performance

Para ser um expert em gestão de pessoas, você deve saber como aumentar a produtividade do seu time. Confira 3 dicas para montar uma equipe mais produtiva.

Ser um bom gerente não é sinônimo de ser um bom profissional. Vamos explicar: ser expert em gestão de pessoas não significa que você não deva se empenhar para obter bons resultados em suas atividades diárias. Na verdade, isso é muito importante, independente do nível em que se está dentro da empresa. Você deve ter uma equipe de alta performance ao seu lado para conseguir ser visto como um bom profissional, e que gera um grande valor para a companhia em que atua. 

Como montar minha equipe de alta performance?  

Obter uma equipe produtiva não é tão simples quanto parece. O problema já começa na hora da contratação e retenção de bons trabalhadores. Uma gestão de pessoas perfeita está intimamente ligada à capacidade de identificar o melhor em cada profissional e conseguir transformar conhecimento em práticas que irão resultar números positivos para a empresa.   

Se você já possui uma equipe completa de bons profissionais à disposição, mas sente que ainda não está conseguindo extrair o melhor dela, confira como aumentar a produtividade dos seus subordinados, sem desmotiva-los por outro lado.  

Dica 1 – Crie um planejamento com metas e prazos  

Para aumentar a produtividade da sua equipe, é preciso que você tenha índices de desempenho para serem avaliados. Afinal, como um líder irá cobrar dos seus colaboradores uma melhora nas entregas atividades do time, se ele não tem uma visão estratégica do que está sendo feito e do que deve ser otimizado para isso?  

Após esse levantamento, crie um planejamento com objetivos e metas específicas para cada ponto. Ao mesmo tempo, é preciso definir prazos para as entregas dos combinados. Um bom gestor de pessoas sabe escutar a equipe, identificar os gargalos de produção e definir um prazo para que, juntos, otimizem as execuções.   

Assim como os responsáveis pelas ações terão um prazo para realiza-las, você, como líder, deverá criar um cronograma de análise de resultados e criação de relatórios de desempenho. Isso já se aproxima da nossa próxima dica.  

Dica 2 – Dê feedbacks coletivos e individuais, independente do resultado  

proatividade de profissionais é algo visto com ótimos olhos por líderes de diferentes times e setores de atuação. Ao mesmo tempo, por mais capaz que o colaborador seja em identificar e antecipar situações de desconforto na produção de toda a equipe, ela não terá a capacidade de se auto avaliar de modo imparcial, seja positiva ou negativamente.   

É aqui que reside um dos papéis mais importantes, porém pouco praticado por profissionais da área de gestão de pessoas: Dar um feedback. Isso não significa elogiar sem propósito ou criticar sem fundamento. Para uma avaliação construtiva, e que gere outros insights e/ou ideias para otimizar a produtividade do seu time, você deve estar muito próximo das atividades que estão sendo realizadas internamente por sua equipe.  

Eu não quero dizer que “o boi engorda com o olho do dono”, e sim que, ao saber os postos-chave que seus colaboradores estão passando, você poderá ter uma conversa mais assertiva com eles, ou seja, vocês se entenderão com mais facilidade. Marque reuniões periódicas com toda a equipe, além de conversas individuais, e pontue suas análises das entregas e dos prazos, sempre se alinhando mais com a qualidade do que com a quantidade das atividades realizadas.  

Dica 3 –  Defina processos e responsabilidades  

Por fim, saiba como está o cronograma de ações da sua equipe. A clareza é algo muito importante para um bom resultado: seja na identificação de erros ou na consolidação, e futura parametrização, de resultados positivos. Para isso, não pense duas vezes em utilizar ferramentas que auxiliem a gestão de pessoas, assim como na distribuição de demandas entre seus colaboradores.  

Ao ter um passo a passo bem definido, com as responsabilidades de cada profissional declaradas, a tendência é que a caminhada seja mais previsível e assertiva. É como iluminar o caminho para não ficar pisando em falso.   

Por outro lado, quando você define as responsabilidades de uma entrega e elas são ciência de todos os outros colaboradores, fica mais fácil identificar o erro e, assim, o corrigir. Eu não preciso falar que menos erros resultam em mais produtividade da sua equipe, não é?  

E como eu devo avaliar a produtividade da minha equipe?  

Se você já possui uma equipe produtiva, ou ainda está construindo uma, saiba que um bom gestor pessoal deve ser capaz de reduzir as despesas, otimizar os processos, suprimir a incidência de falhas e diminuir o período desperdiçado com pausas. Porém, tudo isso deve ser feito ao mesmo tempo em que o fluxo de trabalho se mantém em atividade.   

Se atualmente você consegue equilibrar todos esses pratos, sem derrubar nenhum deles, montar a sua equipe de alta performance é apenas questão de tempo. Entretanto, se ainda não consegue visualizar a gestão do seu time de maneira estratégica, confira o nosso material de estudo que apresenta quais são os 3 indicadores de desempenho mais importantes para o sucesso completo da sua equipe. 

0 Gestei
0 Não gostei