Mobilidade corporativa, a solução que vem fazendo a diferença nas empresas

Cada vez mais corporações promovem o uso de dispositivos e sistemas mobile. Conheça as vantagens da mobilidade corporativa e saiba como implementá-la.

Se no dia a dia, a internet vem mudando radicalmente a forma de comunicação com o uso de dispositivos móveis – sem falar na maneira de consumir notícias e produtos –, no mundo corporativo essa revolução também já demonstra seu potencial. Em 2015, o Gartner Group, uma das consultorias de referência na área de tecnologia, indicava grandes avanços nas estratégias de mobilidade corporativa. Pelas projeções do grupo norte-americano, esse processo será ainda mais ampliado.  

Por aqui, um estudo desenvolvido pela Associação Brasileira de ebusiness (ebusiness Brasil) aponta que permitir aos funcionários o uso de dispositivos pessoais para fins corporativos é cada vez mais comum. A tendência é que essa prática se intensifique nos próximos dois anos, com 48% das companhias investindo na adoção de sistemas de mobilidade corporativa.

Investir na adoção de sistemas de aplicação corporativa móvel se tornou um diferencial competitivo para as companhias, com recursos que podem turbinar a produtividade dos colaboradores 

Comunicação ágil = alta competitividade  

A velocidade com que as informações chegam e são compartilhadas faz da agilidade um fator competitivo para as empresas que lançam mão da mobilidade corporativa. Tudo acontece rápido e pode ser resolvido com a mesma brevidade a qualquer hora e de qualquer lugar – esse caminho vem sendo trilhado por cada vez mais organizações graças ao uso de dispositivos e sistemas móveis 

Atualmente, ter uma comunicação ágil – que se converte em rápida tomada de decisões ao atender às solicitações do mercado – é fundamental quando se quer estar à frente da concorrência 

Mobilidade corporativa aplicada 

O raio de alcance do mercado de mobilidade corporativa é grande, e para muitas empresas já é uma realidade, mas hoje atinge, em especial, o nicho de B2C, segundo Cristian Arrano Townsend, diretor de novos negócios do Grupo Viceri.  

“A mobilidade corporativa serve para toda empresa que tenha software e precise criar um canal com o cliente ou disponibilizar um aplicativo para seus colaboradores. No entanto, sua adoção é realizada primeiramente para os usuários B2C, a exemplo de corporações como Nestlé e Coca-Cola, que criam aplicativos para a interação com seus clientes”, ele destaca. “O desenvolvimento de aplicações corporativas [Line of Business – LOB] ainda precisa ser mais impulsionado”, completa. 

Como adotar a mobilidade corporativa 

Já não resta dúvida de que essa tecnologia se traduz em inovação nos negócios. Mas, antes de implementá-la, é preciso mapear os resultados desejados com a aplicação da mobilidade corporativa. Esta checklist ajuda na tarefa: 

  • Encare a adoção de programas de mobilidade corporativa primeiramente como uma estratégia de negócios – e depois conte com a ajuda da tecnologia da informação (TI). 
  • Saiba exatamente em que estágio a companhia está para poder dar os primeiros (ou próximos) passos. 
  • Estude formas de otimizar o trabalho da equipe de vendas externas. No caso da gestão de viagens corporativas, por exemplo, já é possível automatizar o relatório de despesas com viagens. 
  • Procure respeitar o compliance bem como o ritmo da empresa na implantação do conceito de mobilidade corporativa. Uma dica é ter equilíbrio: não correr tanto e nem deixar o processo lento demais. 
  • Conte com a expertise de um fornecedor de tecnologia confiável, capaz de oferecer aplicativos específicos à sua área de atuação. 
  • Lance mão das metodologias ágeis no desenvolvimento dos softwares. 
  • Estude com o time de TI qual o melhor momento para implantar a automatização dos processos.  

Traçado o planejamento estratégico, mãos à obra! Em curto espaço de tempo, a companhia já se beneficiará das vantagens descritas no e-book Negócios e Inovação: Mobilidade Corporativa É a Aposta da Vez 

0 Gestei
0 Não gostei